quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Inovações tecnológicas como auxilio no controle do Diabetes




Dados publicados pela Sociedade Brasileira de Diabetes em Abril de 2012, mostram que haja aproximadamente 12.054.827 (Doze milhões cinquenta e quatro mil oitocentos e vinte quatro) diabéticos no Brasil, ainda segundo a instituição, este número tende a aumentar ainda mais! PRATICAMENTE 10% DA POPULAÇÃO DO BRASIL.
Independente do tipo de Diabetes, a abordagem terapêutica (aplicação de insulina, medicação, etc.) ou terapia nutricional, monitorar a glicemia é fundamental para a definição do tratamento estabelecido ao paciente. Hoje, o Bistrô trouxe várias dicas de como monitorar sua glicemia, utilizando os mais avançados e ou tradicionais recursos para isso! Confira!!



Segundo Cristofidis e Seyffarth, o automonitoramento domiciliar da glicemia é um método muito eficaz no controle metabólico tanto para portadores de diabetes tipo 1 quanto tipo 2, pois, além de mostrar o grau de controle das glicemias pré e pós-prandiais (antes e após as refeições), também atua como um elemento educativo no tratamento deste pacientes.

No entanto, a adesão ao automonitoramento domiciliar da glicemia, teste de glicemia capilar ou como a maioria dos pacientes DM prefere chamar “ponta de dedo”, é comprometida por diversos fatores como: 
* Dificuldade no manuseio do aparelho, 
* Dificuldade na aquisição de fitas, lancetas (ou do próprio aparelho), 
* Dor, 
* Tempo (para fazer os teste e anotar o resultado em planilhas ou cadernos), 
* Dificuldade na compreensão da necessidade deste monitoramento,
* Falta de apoio familiar, etc.

Diante destes e diversos outros fatores, cabe à equipe multiprofissional, adequar o automonitoramento da glicemia às necessidades e a realidade de cada paciente.

Em meio a tanta tecnologia (iPad, iPhone, Smartphone e etc.) e buscando facilitar este monitoramento, foram criados diversos programas, sites e aplicativos para celulares que visam facilitar o monitoramento glicêmico e proporcionar maior interação entre paciente e o profissional que o atende.

O Bistrô Saúde trouxe a você, algumas opções gratuitas e pagas de aplicativos para celulares e dicas que podem ajudar tanto pacientes como profissionais a dinamizarem e facilitarem o monitoramento glicêmico. Confira!
 DIAMIGO

Idealizador: Empresa Sanofi em parceria com médicos da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).
O que a empresa diz sobre o aplicativo: “Com o Diamigo, o paciente diabético não tem mais de se preocupar em fazer os cálculos de doses de insulina às refeições: informando a quantidade de carboidratos que vai consumir, o programa calcula automaticamente a dosagem de insulina prandial, levando em consideração a prescrição medica.”
Quem pode ter este aplicativo? O aplicativo está disponível para iPhone, iPod e iPad. Segundo a empresa, em breve o app estará disponível para Android.
Onde baixar? Você pode baixar diretamente da Apple Store ou pelo link sanofi.maya.im
Qual o custo do app? O app é grátis!  




  

GlicOnline

Idealizador: Idealizado pela endocrinologista Karla Melo e parceiros, o app foi testado em pesquisa clínica financiada pelo PIPE-FAPESP (1 e 2) e realizada no HC FMUSP
O que a empresa diz sobre o aplicativo: “O novo GlicOnLine mantém o objetivo de facilitar o dia a dia do portador de diabetes. Funciona em smartphones (Andróide e IPhone) e atende também às necessidades de portadores de outros tipos de diabetes em suas diversas fases terapêuticas, de pacientes em dietoterapia a pacientes em uso de antidiabéticos orais, com ou sem insulina(s). O GlicOnLine integra médicos, pacientes, nutricionistas e cuidadores em uma plataforma interativa e segura, trocando dados e mensagens que auxiliam a tomada de decisão correta para o tratamento” Segundo o site do aap, o GlicOnline oferece: “Controle glicêmico com qualidade de vida, cálculo de calorias, carboidratos, gorduras e proteínas, lembrar de tomar medicamentos e Cálculos de doses de insulinas.”
Quem pode ter este aplicativo? O aplicativo está disponível para iPhone, iPod , iPad e Android.
Onde baixar? Você pode baixar o aplicativo diretamente da Apple Store ou Google Play
Qual o custo do app? O GlicOnLine é um serviço prestado mediante assinatura anual de R$360,00 para médicos e R$180,00 para nutricionistas. Mas os profissionais podem usar o aplicativo gratuitamente por 1 ano. (Informações do site)
Segundo o site do aplicativo, pacientes deverão adquirir suas licenças diretamente das lojas do Google Play e AppleStore. Há pacotes onde os profissionais pagam por uma licença anual e seus pacientes ganham o app grátis por 3 meses. (Informações do site)
Quer mais idéia de apps para o seu celular? Confira estas sugestões do Blog da ADJ (ASSOCIAÇÃO DE  DIABETES JUVENIL):
• Excelente Aplicativo para Educação para crianças em Diabetes
- Managing Type 1 Diabetes (iDBT)
• Alimentação:
- Carb Or No Carb
- Build a Meal
- Go Meals
- Lenny Food Guide
• Acompanhamento das Glicemias e Doses
- Diabetes Companion
- OnTrack


Agora uma dica totalmente grátis do Bistrô Saúde, que pode não ser um aplicativo cheio de funcionalidades, mas que pode ajudá-lo a controlar seu Diabetes! Que tal baixar a Tabela de Contagem de Carboidratos da Sociedade Brasileira de Diabetes no seu smartphone? É fácil! Além da facilidade no transporte, você não terá mais a desculpa de que esqueceu a tabela para contar direitinho os carboidratos consumidos em suas refeições! Vamos lá? Siga este passos:
1 – Baixe o Adobe Reader em seu Smartphone. Você pode baixa-lo através das “lojas virtuais” de aplicativos pertencentes ao sistema operacional do seu smartphone. Na Google Play este aplicativo pode ser baixado gratuitamente.
2 – Para baixar a tabela você tem 2 opções: 
1ª) Baixar diretamente do site da SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes) (http://www.diabetes.org.br/attachments/246_manual_oficial_contagem_carboidratos_2009.pdf)

Clique na imagem e baixe o arquivo.

2ª) Baixar diretamente do seu computador - Se você já tem o Manual de Contagem de Carboidratos em seu computador (se não clique na imagem acima do manual e baixe no seu PC), basta plugar seu smartphone, através do cabo USB e copiar e colar o arquivo para a pasta do Adobe Reader.
E pronto! Vc terá o Manual de Contagem de Carboidratos em seu celular!

E para facilitar ainda mais o tratamento dos pacientes com DM, que tal uma planilha bem legal para você anotar suas glicemias e levar tudo bem certinho (e talvez até colorido!) para seu nutricionista e médico! Não sabe fazer??? Nós do Bistrô Saúde te damos uma sugestão!

Clique na imagem e baixe o arquivo

Esperamos ter ajudado!
Gostou? Então comente, compartilhe e nos dê sua opinião!



Referências Bibliográficas

Cristofidis L.S; Seyffarth A.S. Perfil glicêmico computadorizado: instrumento de educação nutricional em Diabetes Mellitus. Com. Ciências Saúde. 2008;19(2):145-154


GlicOnline, informações disponíveis no site: http://www.gliconline.com.br/


ADJ (ASSOCIAÇÃO DE  DIABETES JUVENIL). Disponível no link:


Se você deseja receber as newsletters do Bistrô, mande seus dados (nome, e-mail e profissão) para:
 bistrosaude@hotmail.com
ou cadastre-se ao lado para receber nossos posts no seu email

Ou visite no perfil no Facebook ou Twitter: 
               

Texto Elaborado por : 
Ana Carolina Assad - Nutricionista - CRN3: 27893
Ticiane Gonçalez Bovi - Nutricionista - CRN3: 27299